PR10- SEI / ROTA DA CANIÇA

A rota da Caniça desenvolve-se ao longo do vale da ribeira da Caniça, numa paisagem dominada por soutos, pinhais, lameiros, matos e afloramentos rochosos.

Saiba mais

A água é uma presença constante, sendo inúmeros os locais que convidam a um contacto próximo com a natureza.

Neste percurso merece especial destaque o souto da Lapa, um bosque de castanheiros centenários que suporta uma elevada diversidade de espécies de fauna e de flora, algumas das quais de ocorrência rara em Portugal. Na ribeira e sua envolvente justificam, uma referência particular as quedas da Caniça, a praia fluvial, os Cornos do Diabo, peculiar formação rochosa, e o buraco do Sumo, sector onde o curso de água corre subterraneamente.

 

FICHA TÉCNICA
Tipo de percurso: pequena rota circular
Distância: 6,96 km
Duração aproximada: 2h45
Grau de dificuldade: III – algo difícil

 

PR10_AF folheto_CANIÇA- Português

PR10_AF folheto_CANIÇA- Inglês