Vale Glaciário de Loriga

O glaciar do vale de loriga atingiu uma área máxima de 8,1 km2 e um comprimento máximo de 6,7 km.

Saiba mais

O glaciar do vale de Loriga atingiu uma área máxima de 8,1 km2 e um comprimento máximo de 6,7 km. A língua de gelo alcançou uma altitude mínima de 800 metros, cota que foi apenas ultrapassada pelo glaciar do Zêzere, devido a uma maior conservação da neve e gelo na porção terminal do vale, mais estreita e sombria.

No sector superior do vale, a ação erosiva do gelo terá sido muito intensa, resultando numa paisagem dominada por extensas áreas de rocha nua, e a uma escala mais reduzida, formas como rochas aborregadas, superfícies polidas.

O vale de declive muito acentuado, em perfil longitudinal, apresenta uma característica sucessão de umbilic e verrou, distinguindo-se de montante para jusante quatro depressões principais: o covão Boieiro, o covão do Meio, o covão da Nave e o covão da Areia. Na secção terminal encontra-se um pequeno conjunto de arcos morénicos de recessão.