PR13- SEI / ROTA DA RIBEIRA DE ALVOCO

A rota da Ribeira de Alvoco percorre um extenso e amplo vale encravado entre o Açor e a Estrela, fazendo a ligação entre as aldeias de Alvoco da Serra e Vide.

Saiba mais

Neste território, a paisagem apresenta-se dominada por pinhais, matos e áreas agrícolas, sendo múltiplos os elementos que comprovam a importância agro-pastoril do vale. Destes testemunhos salientam-se terrenos de cultivo dispostos em socalcos, o lagar de vara da Barroca Escura, levadas de rega e, pela sua singularidade e monumentalidade, os poços de broca das Frádigas, do Aguincho, da Barriosa e do Muro.

Os poços de broca surgem nos tramos da ribeira mais sinuosos, devendo a sua origem ao labor e engenho das gentes serranas. Estes locais incluem belíssimas cascatas e fazem parte de um conjunto de obras hidráulicas e agrícolas mais vasto, que teve por finalidade permitir um melhor aproveitamento dos campos, numa paisagem onde os solos e os declives são pouco propícios à agricultura. Nos meios ribeirinhos merecem referência, ainda, bosques de amieiros e freixos, que se destacam pela exuberância da sua folhagem e pela biodiversidade que suportam.

 

FICHA TÉCNICA
Tipo de percurso: pequena rota linear
Distância: 17,1 km + 4,76 km (derivação de Vasco Esteves de Cima)
Duração aproximada: 6h30
Grau de dificuldade: IV – difícil

Alerta: Nas levadas é necessário especial cuidado nos troços de maior altura e mais estreitos, não se recomendando a pessoas com vertigens ou medo das alturas.

 

PR13_AF folheto_ RIBEIRA_DE_ALVOCO- Português

PR13_AF folheto_ RIBEIRA_DE_ALVOCO- Inglês